Análise – Lata de Cerveja

Comunicação visual da lata

Cervejas Sol X Glacial

SOL

Melhor destaque na prateleira
Cores mais chamativas Efeito “Verão”
Linhas douradas
Preocupação maior com a comunicação visual talvez por ter entrado no mercado tardiamente.
Texto em caixa altaCores de destaque: Vermelho e Amarelo Consideradas cores quentes, representam calor e são psicologicamente dinâmicas e estimulantes. Assim como a luz do sol e do fogo, elas sugerem vitalidade, alegria, excitação e movimento.

GLACIAL

Fonte sem serifa
Texto também em caixa alta
Linhas prateadas
Embalagem simplória não chamativa
Cor de destaque: Azul O azul produzem um efeito calmante, de paz e de suavidade. Ideais para pessoas muito agitadas e com dificuldade de relaxar podem sentir-se mais relaxadas

Latas de cervejas em geral

Cor da lata não é branca, é uma cor que lembra gelo
Todas latas procuram comunicar que o material deve ser reciclado
Demonstra responsabilidade com o meio ambiente
Notamos que na lateral de toda cerveja as informações sobre a composição, local de fabricação são:  Escritas com um corpo muito pequeno, o que dificulta a leitura pois reduz a visibilidade – O espaçamento entre as letras é muito pequeno o que torna a linha mais escura, dificultando a leiturabilidade – As linhas são longas com alinhamento centralizado.

NOVA LATA VERMELHA DA BRAHMA

Com o novo visual, as latas vermelhas da Brahma se destacam das concorrentes nas prateleiras.

Acabou o mistério da Brahma. No começo de julho, a marca estreou um teaser com a pergunta “Por que a lata é branca?”. Isso tudo para comunicar a mudança de cor da lata, que passa a ser vermelha, parte da estratégia do novo posicionamento da marca: “O sabor de sua Brahma agora na cor da Brahma”. O foco é reforçar o sabor e a qualidade da cerveja. Atrelada à nova comunicação visual, a marca estreia também uma nova forma de se comunicar com seu público, com um tom mais irreverente.

Ao longo dos últimos três anos, a Brahma focou a comunicação nos valores do consumidor, no ‘brahmeiro’, e teve como auge desse posicionamento os comerciais transmitidos durante a Copa do Mundo, em que Dunga foi o garoto-propaganda. Nesta nova fase, a ideia é focar no produto. “Com a campanha ‘Brahmeiros’ conseguimos reforçar os valores e nos aproximar ainda mais do consumidor da marca. A gente falou muito de quem é esse brahmeiro. Agora a gente vai falar do que ele gosta. É isso que entregamos com este novo conceito: o ‘Brahmeiro’ que conhecia sua cerveja de olhos fechados, também poderá identificá-la de olhos abertos”, diz Sérgio Eleutério, gerente de comunicação da Brahma. A mudança é uma estratégia da marca para que suas latas se destaquem nas prateleiras, quando vistas ao lado das latas brancas dos concorrentes.

A página da cerveja no Youtube alcançou cerca de 400 mil visualizações em uma semana, de acordo com Eleutério. A mudança serve para reforçar a ligação do sabor com a identidade visual da marca, já que todos os elementos da família, como logo, caminhões e engradados, são vermelhos. “E com um sabor tão inconfundível, a Brahma não poderia ter a mesma cor das outras”, diz Eleutério.

É a primeira vez na sua história que a Brahma passa por uma reformulação na sua linha de produção. A nova marca foi desenvolvida pela Narita Design, e a campanha publicitária é da agência África, de Nizan Guanaes. O filme está no ar em emissoras de todo o país. O plano de mídia inclui também peças no PDV, anúncios e peças para web.

A Brahma é a segunda cerveja no mercado nacional, com 18%, atrás da Skol, com 33%. Ambas são da AmBev. Em São Paulo, a Brahma é líder, com 30% das vendas.

PDV BRAHMA

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s